Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

No comando: FREQUENCIA QUENTE

Das 10:00 as 11:00

No comando: TOQUE DE MULHER

Das 11:00 as 12:00

No comando: DIGITAL MIX

Das 13:00 as 15:00

No comando: POP MUSIC

Das 13:00 as 15:00

img_20151020_000619
No comando: INTENSIDADE

Das 16:00 as 16:45

No comando: SEQUENCIA PROGRAMADA

Das 16:00 as 17:00

img_20151019_234526
No comando: TOP HITS

Das 17:00 as 17:30

patricia-vieira
No comando: PASSAPORTE BRASIL

Das 19:00 as 20:00

bloco-programas
No comando: BREAKFAST NEWS

Das 08:00 as 10:00

No comando: SÁBADO POP

Das 08:00 as 19:00

No comando: MÁQUINA DO TEMPO

Das 10:00 as 12:00

No comando: A VEZ DO BRASIL

Das 12:00 as 13:00

random-image2
No comando: PAINEL FLASH BACK

Das 13:00 as 14:00

img_20151019_234607
No comando: POP SHOW

Das 14:00 as 15:00

img_20151126_064009
No comando: SONGS OF LOVE

Das 20:00 as 22:00

Merkel é a mulher mais poderosa do mundo, diz “Forbes”

Compartilhe:

Chanceler federal alemã aparece pela sétima vez consecutiva no topo da lista das 100 mulheres mais influentes. Revista destaca vitória acirrada nas eleições em meio à ascensão do partido populista de direta AfD.

“Merkel terá que segurar firme o leme da União Europeia”, afirma revista

A chanceler federal alemã, Angela Merkel, foi eleita a mulher mais poderosa do mundo pela sétima vez consecutiva , anunciou nesta quinta-feira (02/11) a revista Forbes.

“Neste ano, Merkel venceu uma eleição acirrada que marcou a entrada do partido [populista de direita] Alternativa para a Alemanha (AfD) no Parlamento alemão”, disse a publicação em comunicado.

Mulheres ilustres e ilustradas

“Ela terá que segurar firme o leme da União Europeia (UE) enquanto enfrenta as tempestades do Brexit [saída do Reino Unido da UE] e o crescente sentimento anti-imigração na Europa”, acrescentou a revista. “O poder de Merkel ainda é sólido graças a uma baixa taxa de desemprego e a um forte crescimento da economia alemã.”

A lista das 100 personalidades femininas que se destacaram em 2017 traz a primeira-ministra britânica, Theresa May, em segundo lugar. “Agora, May tem que manter uma coalizão governamental frágil e conduzir o país rumo ao Brexit até 2019”, destaca a Forbes.

Hillary Clinton, que ficou na segunda posição no ranking em 2016, caiu para a posição 63 depois de perder as eleições presidenciais para o presidente americano, Donald Trump.

A filha de Trump, Ivanka, que atua como conselheira da Casa Branca, ficou em 19º lugar, e a embaixadora dos Estados Unidos na ONU, Nikki Haley, ficou em 43º.

Melinda Gates, copresidente da Fundação Bill & Melinda Gates, ficou em terceiro lugar, seguida de Sheryl Sandberg, chefe de operações do Facebook, e Mary Barra, CEO da General Motors.

Confira as mulheres que ficaram nas primeiras dez posições do ranking da Forbes

1- Angela Merkel, chanceler federal alemã

2- Theresa May, primeira-ministra britânica

3- Melinda Gates, copresidente da Fundação Bill & Melinda Gates

4- Sheryl Sandberg, chefe de operações do Facebook

5- Mary Barra, CEO da General Motors

6- Susan Wojcicki, CEO do Youtube

7- Abigail Johnson, presidente da Fidelity Investiments

8- Christine Lagarde, diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI)

9- Ana Patrícia Botín, presidente do Grupo Santander

10- Ginni Rometty, CEO da IBM

KG/dpa/ots

Fonte: DW

Deixe seu comentário:

bueno host

bueno host

WhatsApp: +55 51 98197.9799