Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

No comando: FREQUENCIA QUENTE

Das 10:00 as 11:00

No comando: TOQUE DE MULHER

Das 11:00 as 12:00

No comando: DIGITAL MIX

Das 13:00 as 15:00

No comando: POP MUSIC

Das 13:00 as 15:00

img_20151020_000619
No comando: INTENSIDADE

Das 16:00 as 16:45

No comando: SEQUENCIA PROGRAMADA

Das 16:00 as 17:00

img_20151019_234526
No comando: TOP HITS

Das 17:00 as 17:30

patricia-vieira
No comando: PASSAPORTE BRASIL

Das 19:00 as 20:00

bloco-programas
No comando: BREAKFAST NEWS

Das 08:00 as 10:00

No comando: SÁBADO POP

Das 08:00 as 19:00

No comando: MÁQUINA DO TEMPO

Das 10:00 as 12:00

No comando: A VEZ DO BRASIL

Das 12:00 as 13:00

random-image2
No comando: PAINEL FLASH BACK

Das 13:00 as 14:00

img_20151019_234607
No comando: POP SHOW

Das 14:00 as 15:00

img_20151126_064009
No comando: SONGS OF LOVE

Das 20:00 as 22:00

Brasileira é presa pelo ICE quando colocava crianças em ônibus escolar.

Compartilhe:
carla-oliveira-foi-presa-pelo-ice-e-amigos-pedem-ajuda-696x696

Caso aconteceu em Massachusetts; amigos fazem campanha para arrecadar dinheiro para pagamento das despesas com advogados

DA REDAÇÃO, COM BRAZILIAN TIMES – A brasileira Carla de Oliveira foi detida na quinta-feira (11) por agentes da U.S. Immigration and Customs Enforcement – ICE – em Weymouth, Massachusetts, quando estava colocando as crianças que cuida no ônibus escolar.

Carla de Oliveira teria sido detida após a agência de imigração receber uma denúncia anônima. A prisão abalou toda a família e amigos. O filho mais novo, que tem 10 anos de idade, chora bastante porque sempre estava próximo à sua mãe.

Carla, que é natural de Ipanema (Minas Gerais), é mãe de dois filhos e trabalha como babá. Ela está nos EUA há nove anos.

O Brazilian Times conversou com a sobrinha de Carla, Débora Miranda, que disse que a tia foi levada para Bristol County Jail and House of Correction. A sobrinha ressalta que a prisão aconteceu logo depois que a tia colocou uma das crianças que ela cuida no ônibus. “Quando ela voltou e estava entrando dentro do prédio, a polícia chegou e a chamou, perguntando qual o nome dela. O filho dela estava em casa, o pai dele também estava no local”, continua. Débora relata que a tia não entrou no prédio para pegar os seus documentos porque ficou medo de envolver mais pessoas e foi com a polícia.

 

Fonte: ACHEI USA

 

Deixe seu comentário:

bueno host

bueno host

WhatsApp: +55 51 98197.9799